Benjamim – filho da felicidade: Rio do Sul terá 4 apresentações no início de março

Cobaia Cênica realiza 4 apresentações do espetáculo Benjamim – filho da felicidade entre os dias 02 e 05 de março de 2022 no Teatro Domingos Venturini.


Março inicia com muito teatro na cidade Rio do Sul. Já na primeira semana o Teatro Domingos Venturini recebe 4 apresentações do espetáculo “Benjamim – filho da felicidade” da companhia rio-sulense Cobaia Cênica. As apresentações fazem parte de projeto selecionado pelo Edital Aldir Blanc 2021 do estado de Santa Catarina. Todas as apresentações têm entrada gratuita ao público e contarão com acessibilidade em LIBRAS.

Na narrativa a pergunta lançada ao público é sobre a busca incessante pela felicidade. É um recuo poético para olhar a cidade e suas agitações passageiras, uma tentativa de não deixar a felicidade atrelada a uma constante necessidade de leveza, mas aceitá-la como uma efeméride impossível de ser aprisionada numa tela. Um espetáculo de roda com o público em volta representando os ciclos da vida, os elos que fazemos na nossa criação. Uma roda de amigos, de família, de união. É uma inspiração na tradição africana do "Griot", que numa roda à sombra de uma árvore se reúne o povoado para contarem histórias.

Com o ator Thiago Becker que também assina a dramaturgia em cena, “Benjamim...” tem direção do carioca Ricardo Rocha e trilha sonora original do rio-sulense Rodrigo Fronza. No ano de 2020 o espetáculo recebeu 9 indicações ao Prêmio Cenym do Teatro Nacional e venceu em 4 categorias: Melhor Companhia de Teatro, Melhor Qualidade Artística de Produção, Melhor Trilha Sonora e Melhor Canção (Passa o Tempo).

Serviço:

Apresentação Teatral “Benjamim – filho da felicidade”

Local: Teatro Domingos Venturini (Fundação Cultural de Rio do Sul)

Datas e horários: 02/03/2022 (quarta) às 15h

03/03/2022 (quinta) às 09h30min

04/03/2022 (sexta) às 19h30min

05/03/2022 (sábado) às 20h

Classificação etária: 12 anos

Entrada Gratuita

* Projeto selecionado pelo Edital Aldir Blanc 2021 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Aldir Blanc de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura.




20 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo