top of page

"O que só passarinho entende" no palco da Fundação Cultural

Foto: Tiago Amado


Totonha é uma senhora experiente, marcada pelas alegrias e tristezas vividas no Vale do Jequitinhonha. É uma mulher divertida e sábia que acredita que o real valor e a beleza da existência estão no conhecimento prático adquirido no cotidiano e na relação com a natureza. Totonha é também a protagonista do espetáculo O que só passarinho entende que a Cia Artística Cobaia Cênica apresenta dia 16 de abril. A sessão integra o projeto Mostra de Repertório e será realizada às 9h30min, no Teatro Domingos Venturini, na Fundação Cultural de Rio do Sul.


A obra é uma comédia dramática com classificação de 10 anos e que terá entrada gratuita e interpretação em Libras. A atuação é do ator Samuel Paes de Luna, a direção de Thiago Becker e a dramaturgia assinada por Agatha Duarte. Ao final da apresentação, a equipe da companhia promove um bate-papo com o público sobre o processo criativo da obra.


A mostra terá ainda mais dois espetáculos no palco da Fundação Cultural: Donos da Rua (03/05) e Rio Bernunça (12/06). O projeto da Cobaia Cênica é uma proposta selecionada pelo Edital Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura.


O que só passarinho entende apresenta de maneira lúdica e poética as singularidades da vida de Totonha que, apesar de marcada pelas intempéries da vida, expressa suas convicções de forma simples, mas com muita força e sabedoria. É do Vale do Jequitinhonha, no Nordeste de Minas Gerais, que a personagem traz suas histórias, conversa e interage com o público. E é assim que a obra assume o compromisso de resgatar e valorizar as riquezas e a cultura nacional.


O espetáculo dialoga com um público variado e de maneira divertida. A obra propõe a reflexão sobre as experiências pessoais, transpondo para a cena um cotidiano do interior. Explora a poesia de maneira singela, sem deixar de mergulhar fundo numa dura realidade que diz respeito a toda sociedade. O enredo aborda questões como a solidão, o abandono, a seca e o conhecimento popular em contraponto ao erudito.


Espetáculo premiado nacionalmente


Em 2019, o espetáculo circulou em 24 cidades de Santa Catarina pelo SESC EnCena Catarina. No ano de 2020, recebeu três indicações ao Prêmio Cenym do Teatro Nacional, dentre elas a de Melhor Ator.


Como contrapartida do projeto de mostra, a Cobaia Cênica apresenta ainda quatro sessões da contação de histórias Meu Sabiá e da série Histórias que visitam – para jardins, varandas, janelas e quintais. A proposta é levar o teatro para os bairros da cidade e para um público que tem pouco acesso à arte. Histórias que visitam… já circulou por comunidade de Rio do Sul e do interior de cidades do Alto Vale do Itajaí em parcerias com os Centros de Referência de Assistência Social (CRAS) em casas de convivência e grupos de acolhimento. Meu Sabiá é um trecho do espetáculo O que só passarinho entende adaptado como obra individual e que também integra a série.


Para acompanhar o projeto, basta acessar www.cobaiacenica.com.br e os perfis da companhia nas redes sociais: @cobaiacenica.

Mostra de Repertório da Cia Artística Cobaia Cênica*

Espetáculo: O que só passarinho entende

Data: 16/04

Horário: 09h30

Local: Teatro Domingos Venturini (Fundação Cultural de Rio do Sul)

Interpretação em LIBRAS

Entrada gratuita

Classificação: 10 anos

Gênero: Comédia dramática

Duração: 75 minutos

Ao final da apresentação será realizada roda de conversa sobre o processo criativo do espetáculo.

Detalhes: www.cobaiacenica.com.br / @cobaiacenica


*Proposta selecionada pelo Edital Lei Paulo Gustavo LPG SC 2023 – executado com recursos do Governo Federal e Lei Paulo Gustavo de Emergência Cultural, por meio da Fundação Catarinense da Cultura.


Ficha técnica

Atuação: Samuel Paes de Luna

Direção: Thiago Becker

Dramaturgia: Agatha Duarte

Trilha sonora: Rodrigo Fronza

Cenário: Thiago Becker e Samuel Paes de Luna

Cenotécnico: Edolino Neza Sabino

Projeto de iluminação: Thiago Becker

Operação de luz, operação de som e produção: Cobaia Cênica


Assessoria de imprensa

Tiago Amado

Jornalista (SC 0003179 JP

13 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comments


bottom of page