Sonho de Passarinho


Passarinho vive pra voar. É no voo que ele enxerga, descobre e aprende sobre seu mundo. A brincadeira do passarinho é voar. O trabalho do passarinho é voar. A festa do passarinho é voar. O sonho do passarinho é voar.


E voamos pelos céus pernambucanos.


Nosso primeiro pouso foi em Limoeiro, terra natal do nosso cobaia Samuel Paes de Luna. No Centro de Criação Galpão das Artes, vivemos fortes emoções com a presença da família, amigos e demais conterrâneos de Samuel que lotaram o teatro. Muita gratidão a equipe do teatro, especialmente ao diretor e articulador do Galpão, Fábio André.


Depois pousamos na cidade de Vitória de Santo Antão, onde realizamos duas apresentações da versão leitura espetáculo na Escola Técnica Estadual José Joaquim da Silva Filho.


No dia seguinte, apresentamos a contação de histórias A Lenda do Rio Bernunça na Escola Técnica Estadual Célia de Souza Leão Arraes de Alencar, na cidade de Bonito.


Em seguida, fizemos a versão leitura espetáculo na cidade de Goiana,

dentro da programação da Mostra Goyanna de Artes do Sesc. Devemos um agradecimento especial a técnica de cultura Letícia Fátima e sua equipe encantadora.


A circulação seguiu para a cidade de Gravatá, onde apresentamos a leitura espetáculo na Escola Regional Municipal Devaldo Borges. Aqui um agradecimento cheio de carinho a gestora da Gerência Regional de Educação, Ana Xavier, que nos possibilitou compartilhar voluntariamente nosso trabalho com os jovens estudantes das escolas onde passamos.


Encerramos a turnê em Recife, fazendo uma linda apresentação do espetáculo no Teatro Santa Isabel dentro da programação do 20° Festival Recife do Teatro Nacional. Precisamos agradecer a toda a equipe espetacular do teatro sobretudo a Romildo Moreira e Rafaele Costa pela recepção afetuosa e extremamente profissional.


Voltamos com uma linda sensação de sonho e profundamente gratos por todas as oportunidades de viver, brincar, trabalhar, festejar e sonhar. Foi um experiência intensa e muito feliz!!


Somos todos gratidão e felicidade!


Um abraço longo, leve e carinhoso!


Até breve!


Evoé!




Fotos: Thiago Becker e Andrea Rego Barros

12 visualizações

© 2018 | Cobaia Cênica